Carla Prata e suas aulas de pole dance

“Desde a novela [Duas Caras] em que a Flávia Alessandra fazia pole dance, sinto vontade de aprender. Agora que sou rainha de bateria, resolvi complementar minha musculação com alguma atividade que me ajudasse a aguentar o pique da avenida. Faço aulas de três a quatro vezes por semana. Já senti diferença no abdômen, braços e costas”, contou Carla prata.

Dois meses de aulas de pole dance foram suficientes para deixar o corpo de Carla Prata mais definido. Vocês devem estar se perguntando. Mas, segundo a própria, a atividade foi escolhida não só para melhorar o que já estava ótimo, mas para dar mais resistência e força para o novo desafio de Carla: comandar a bateria da Grande Rio no Carnaval de 2013. Por isso, sua professora Vanessa Costa propôs um treino baseado no condicionamento físico e que faça o corpo definir e secar.
Carla Prata e suas aulas de pole dance

Carla Prata e suas aulas de pole dance

Carla Prata e suas aulas de pole dance

Carla preza por um treinamento intenso de três a quatro vezes na semana. Além dos movimentos e coreografias, ela faz um alongamento especializado no início e no final de cada aula. Há três meses praticando, já superou as dificuldades iniciais, como a dor do atrito do ferro na pele e os constantes roxos pelo corpo em decorrência dos tombos. “Nas primeiras aulas, eu saía acabada e nem conseguia fazer mais nada durante o dia. Comecei fazendo aula uma vez na semana, mas já aumentei o ritmo porque me acostumei com a intensidade”, avalia ela, que ficou com os braços doloridos após dois dias seguidos de treino.

Apesar do pouco tempo, Carla já reconhece os benefícios que a dança trouxe para seu corpo. Em especial na região do quadril, área que mais gosta de exercitar. “Tenho 104 centímetros de quadril. Então, tudo o que faço é focando nele para secar. Mas meus braços e abdômen estão bem mais sequinhos e definidos”, Comenta Carla, sobre sua perda de medidas e a melhora no seu senso de equilíbrio, “Sempre fui muito destrambelhada. Minha consciência corporal melhorou muito. Descobri vários músculos que nem sabia da existência”.

Carla Prata e suas aulas de pole dance
“Eu amo dança. Adoro funk, samba. Me dou muito bem com os passos mais sensuais porque me sinto bem à vontade com meu corpo”, Comenta Carla. A dedicação de Carla é intensa durante a uma hora e meia de aula. Perfeccionista, ela gosta de repetir todos os movimentos diversas vezes para que saiam perfeitos. A disciplina surpreendeu sua professora, que elogiou a aluna ao conseguir fazer sozinha a inversão contrária, ficando de cabeça para baixo no pole, movimento considerado avançado para o nível básico em que Carla se encontra. “Gosto dos movimentos que me dão mais dificuldade para aprender”, revela ela, que acredita que os resultados nas aulas de pole dance são fruto de um resultado gradativo. “Não é fácil. Nunca se sai bem nas primeiras aulas. Com o tempo, você vai pegando o jeito. É como uma aula de circo, precisa de muita paciência e perseverança”, afirma.

Carla Prata e suas aulas de pole dance

Carla Prata e suas aulas de pole dance

Carla prata malhando

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *